Pages

terça-feira, 20 de maio de 2008

Ousadia



Pense... Você já se arrependeu de, em determinadas circunstâncias, não ter tomado atitudes que viessem, de alguma forma, melhorar a sua vida? Quando fazemos exame de consciência, lembramo-nos de vários AGORAS que foram perdidos e que não voltam mais. Na realidade, o que nos impede, na maioria das vezes, de ter o que queremos, ser o que sonhamos, fazer o que pensamos e aceitar com o coração é a ousadia que não cultivamos. A ousadia, geralmente, é escrava do medo. Quantas vezes perdemos a oportunidade de realizar um grande sonho, por não ter a coragem de ousar, de arriscar, deixando para depois ou para mais tarde o que deveria ser naquele AGORA.... Quantas vezes não pronunciamos, no momento oportuno, as palavras que gostaríamos de dizer, pelo medo de parecer ridículos e imaturos... Quantas vezes ficamos, porque temos medo de partir. Quantas vezes partimos porque temos medo de ficar... Quantas vezes dizemos baixinho o que, na realidade, gostaríamos de gritar.

7 Comentários:

Luiza Gonçalves de Souza disse... [Responder]

Adoreei o texto!
E é verdade, quantas vezes não deixamnos de fazer as coisas por falta de ousadia ne?
=)

se der passa lá no Blog!
e me ajude a divulgar?
beeijos

Letícia Castro disse... [Responder]

E vc sabe qual é o momento mais maravilhoso da vida? Quando vc rompe a bolha que mantém a ousadia cativa e faz explodir o sonho para que todo mundo o veja. A gente tem que se viciar nesse momento. Quando aprende a fazê-lo, ninguém mais nos segura.
Há um tempo atrás, eu estava num momento-bolha e é horrível sim. Mas eu acho que chega uma hora que não dá mais e a gente se supera, né?
Um beijão carinhoso pra vc, Vivian, pelo comment lá no Babel, viu?
Outra coisa, essa foto, de quem é? Eu amei! O simbolismo da rosa no lugar da boca emociona. Excelente escolha!

Beijão!

Letícia.

http://babelpontocom.blogspot.com/

Ceó Pontual disse... [Responder]

gostei do texto, parabens pelo blog!

Gregory Vancher disse... [Responder]

gostei do texto. É verdade que , às vezes, fazemos algo que gostaríamos de ter feito de outra forma mas, não vejo isso como um arrependimento e sim, como um aprendizado. Eu não costumo "não fazer algo", geralmente faço e se não der certo, pelo menos sei que tentei. Sei que não podsso fazer tudo o que quero mas tento ser feliz com o que posso fazer.

http://clik.to/otherside

Livia Queiroz disse... [Responder]

Eh isso ai
todos nós poderíamos e deveríamos ser um pouco mais ousados.
Não faz mal, não tira pedaço.
O problema eh q maior do a quase inexistente ousadia existe o medo quase sempre dominante!

parabéns pelo texto!

lucas disse... [Responder]

para sermos felizes precisamos de ousadia


sem ousar a vida passa a ser uma rotina chata e tediante

parabens pelo blog

Ricardo disse... [Responder]

é isso aí, isso é verdade... mtas vezes deixamos passar oportunidades valiosíssimas, só pelo medo de tentar. Valeu o lembrete!! abraço, Ricardo.

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário... ele é muito importante para mim. Espero que tenha gostado do blog e que volte sempre!!!